segunda-feira, 25 de outubro de 2010

"Voltando a ser criança"

Viver num mundo de sonhos voltando a ser criança rodeada de seus brinquedos e presentes é voltar a um paraíso onde só prevalece o amor e a Paz. Nesse mundo não há lugar para a maldade, para a violência. Um mundo onde o ursinho é o seu companheiro de todas as horas, aquele que tudo ouve e não reclama. É o cavalinho que embala teu sono, que brincas de mamãe ninando seu bebê. O seu quarto é cheio de brilho e tem lugar para todas as cores e enfeites. Na entrada sempre está presente o seu anjinho da guarda e o sorriso que é a marca da felicidade que ali reina.
Boa noite minha princesa!

Irene Moreira

A CRIANÇA SONHA

A criança dorme e sonha.
Sonha com flores, pássaros e estrelas.
Sonha com tudo que é belo.

Lá fora,
os homens se aniquilam.

Poema tirado daqui
Imagens google


7 comentários:

  1. Que delicadeza de texto, Irene!
    Adorei!!
    Nossa infância, rodeada por brinquedos, protegida pelo anjo da guarda, estará sempre em nós, quando recordarmos. E é mesmo um espaço de paz e de amor.
    Lindo!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Que linda postagem, Irene. Que dentro dos nossos corações guardemos aquelas crianças que um dia fomos. Infância, tempo de paz e de amor. Lindo!! Um bom dia, boa semana, beijos :)

    ResponderExcluir
  3. Olá, Irene!

    O mundo infantil é de facto único, recheado de sonhos encanto e fantasia ... e também protegido do outro mundo que espera lá fora.
    E é também irrepetível, às vezes com grande pena nossa...

    Obrigado pelo comentário.
    beijinhos.
    Vitor

    ResponderExcluir
  4. OLA
    ADOREI SEU BLOG E ESTOU TE SEGUINDO
    ME FAÇA UMA VISITA:
    WWW.FLORDELOTUS29.BLOGSPOT.COM
    ME SIGA. VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  5. Irene,que linda postagem!Imagens,msgs e poesia,onde dorme a menina enquanto os homens,infelizmente,se aniquilam!Bjs,

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Irene,
    Lindo o seu post, e que verdade nua crua, "a criança sonha... Enquanto os homens se aniquilam"

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  7. Querida Irene!

    Que belo esse mundo do qual não deveríamos sair nunca!

    Beijos

    ResponderExcluir